45% dos vídeos postados no feed do Instagram foram com menos de 15 segundos

Escrito por Daniel Pracianodaniel.nobre@svm.com.br 06:42 / 27 de Agosto de 2020.

O levantamento da equipe da rede social pode mostrar uma nova tendência entre os fãs da plataforma

Um levantamento da equipe do Instagram chamou atenção para um dado interessante. Talvez por conta da pandemia do novo coronavírus e da ausência de produções muita gente, famosas ou não, optou por lives. A equipe da rede social observou um aumento de 70% nas visualizações de conteúdo Ao Vivo no Instagram globalmente e hoje são 800 milhões de usuários ativos diários no Ao Vivo do Facebook e Instagram.

Porém, no último mês algo mudou. Em julho, 45% dos vídeos postados no feed do Instagram foram com menos de 15 segundos. E, com a ferramenta Reels, também já observamos algumas celebridades criando temáticas fixas para entreter seus fãs. O ator Silvero Pereira tem investido em paródias e cultura pop e até criou um destaque em seu perfil com esses vídeos curtos. A cantora Preta Gil usa os 15 segundos do Reels para dividir conteúdos próprios de moda e beleza e momentos em família, enquanto a apresentadora Ana Furtado mostra suas maquiagens do dia e bastidores de gravação.

“São artistas grandes, nomes como Sabrina Sato, Fábio Porchat, Larissa Manoela, com espaço consolidado na tv, e que estão transportando isso para as redes sociais de uma maneira e com um foco diferente: Eles estão se reinventando e agora os projetos são nas e para as redes sociais, e pelo o que estamos acompanhando, isso não vai mudar pós pandemia – muitos deles criaram agendas, expedientes fixos…ou seja, transformaram seus respectivos perfis em seus próprios canais– como um meio de continuarem a se expressar criativamente”, informa a assessoria de imprensa do Instagram no Brasil.

Ainda segundo levantamento da plataforma, em paralelo, algumas equipes de produção também se reinventaram  para respeitar as limitações da quarentena e seguem evoluindo no aprendizado da produção de conteúdo remoto, tornando o processo ainda mais eficiente e resolvendo desafios como dificuldade de agenda/programação e as ferramentas das redes sociais se tornaram poderosas para os artistas que souberam aproveitar os recursos da plataforma para entregar conteúdo significativo e qualitativo para quem estava sentindo falta deles na TV e/ou em apresentações em geral, e foram buscá-los na tela do celular durante esse período de isolamento social. 

Por fim, segundo o Instagram, entre os primeiros meses de 2020, o grupo de 59 figuras públicas com as contas mais ativas no Instagram postou 3 vezes mais vídeos de IGTVs entre abril e julho, do que postou entre janeiro e abril. 

Será que veremos a continuidade deste novo formato após a pandemia e com o retorno dos formatos tradicionais de entretenimento com aglomeração? Creio que isso só será uma realidade mesmo após a vacinação. Ou seja, o reino dos 15 segundos e das lives ainda vai perdurar por um bom tempo para o bem e para o mal.DANIEL PRACIANO



ASSUNTOS RELACIONADOS

TecnologiaSociedade e SaúdeSociedade e Saúde/coronavírusInstagramnovo coronavírusFacebookReels


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.