Ceará exporta para a Europa cactos sem espinhos produzidos em Paracuru

Escrito por Redação, 09:00 / 21 de Janeiro de 2021.

A planta ornamental é produzida em larga escala em uma fazenda localizada em Paracuru

Espécie genuinamente do Nordeste, uma variação sem espinhos do mandacaru está sendo produzida em larga escala no Estado e exportada ao exterior. Muito usada como item de decoração, a planta ornamental tem tido grande aceitação entre o público pela facilidade de manutenção em ambientes caseiros. 

Na última segunda-feira, uma primeira remessa foi enviada à Europa pela NaturAYO, que já fechou acordo para a comercialização do produto nos Estados Unidos nas próximas semanas. 

Foto: Divulgação

A planta é produzida em larga escala há três anos na fazenda mantida pela empresa, pertencente ao Grupo AYO, em Paracuru. Segundo o grupo, o município do litoral oeste tem clima e solo propícios para o cultivo.

Aceitação no mercado

“O mercado abraçou o produto para ornamentar espaços com muito fluxo ou ambientes domésticos com crianças e pets, agregando mais valor a ele”, destaca Thomas Reeves, diretor da NaturAYO. 

Foto: Divulgação

“Começamos em 2020 esse processo de expansão com o envio de amostras e testes para outros países, processo que foi comprometido pela pandemia e que retomamos agora no início deste ano com uma expectativa bem positiva de chegar a outros mercados”, ressalta o diretor. Quero receber conteúdos exclusivos sobre negócios


ASSUNTOS RELACIONADOS

EconomiaMunicípios/paracuruPlantas ornamentais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.