Como foi a festa em Fortaleza com o tetra da seleção brasileira

Vestidos de verde e amarelo, os cearenses se aglomeraram em fuscas, moto e bicicletas para vibrar pelo título mundial

Uma grande carreata tomou as ruas de Fortaleza no dia 17 de julho de 1994. Vestidos de verde e amarelo, os cearenses se aglomeraram em fuscas, moto e bicicletas para vibrar com o tetracampeonato mundial da seleção brasileira, em Copa realizada nos Estados Unidos.

Naquele dia, o ponto foi facultativo nas lojas do Centro. Acompanhando uma equipe que chegou à decisão com dificuldades e não era favorita, a cidade parou para assistir pela televisão à final diante da Itália, outro país tricampeão mundial.

https://support.twitter.com/articles/20175256

A Avenida Beira-Mar, por outro lado, teve festa desde a manhã da decisão. Com o trio elétrico Massa Brasil e a banda Pimenta Malagueta, brasileiros e italianos se confraternizaram na praia sem rivalidade ou violência. A principal música ecoada era: “A Copa do Mundo é nossa, com brasileiro, não há quem possa”, relembrando jingle famoso na conquista de 1958.

Do leste ao oeste, cada espaço da Capital respirou futebol em 1994. No Monte Castelo, um senhor com uma TV na calçada de casa conseguiu reunir 500 pessoas, se tornando até notícia no Diário do Nordeste da época. O movimento também foi intenso na Barra do Ceará e na Praia do Futuro, sempre com feijoada como prato principal da festa.

No fim, após o pênalti perdido pelo italiano Baggio na finalíssima, o Brasil entrou para a história na Califórnia e ganhou madrugada à dentro em Fortaleza. O silêncio dos italianos foi a tônica do dia, enquanto os cearenses colocava a quarta estrela no peito e encerravam um jejum de 24 anos sem o título mundial.

Torcida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.