Entenda o que é e como funciona uma franquia

Escrito por Giuliano Villa Novagiuliano.villa@svm.com.br 07:00 / 15 de Setembro de 2020.

O especialista Leonardo Lamartine, Diretor Regional da Associação Brasileira de Franquias (ABF) no Nordeste, explica os detalhes do segmento para quem pretende investir.

Quando uma pessoa pensa na palavra franquia, imediatamente pode imaginar um grande restaurante, uma lanchonete internacional ou uma loja de grife, que, apenas com a força de sua marca, alcança um faturamento alto todos os meses. Certamente pode ser um bom negócio tornar-se um franqueado, porém, os bons resultados só virão com muito trabalho e investimento. Além disso, é possível fazer parte de uma rede de franquias, não necessariamente de grande porte, pois há diversas opções de segmento no mercado.

Essas e outras orientações são básicas para quem pretende ingressar nesse ramo, que apresenta bons índices nos últimos anos no Brasil. “No Nordeste, o mercado de franquias faturou R$ 5,7 bilhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa um aumento de 2% no faturamento da região frente ao mesmo período anterior”, comenta Leonardo Lamartine, Diretor Regional da Associação Brasileira de Franchising (ABF) no Nordeste.

Nesta entrevista exclusiva ao Vem Empreender, Leonardo Lamartine traz mais detalhes a respeito do segmento e explica de que forma os empreendedores podem conseguir melhores resultados ao entrar para o ramo de franquias.

Diário do Nordeste: De que forma podemos definir uma franquia?
Leonardo Lamartine: Franquia é um sistema de venda de licença no qual o franqueador (o detentor da marca) cede, ao franqueado (o autorizado a explorar a marca), o direito de uso da sua marca, patente, infraestrutura, know-how e direito de distribuição exclusiva ou semiexclusiva de produtos ou serviços. Esse franqueado, por sua vez, investe e trabalha na franquia e paga parte do faturamento ao franqueador sob a forma de royalties. Eventualmente, o franqueador também cede ao franqueado o direito de uso de tecnologia de implantação e administração de negócio ou sistemas desenvolvidos ou detidos pelo franqueador, mediante remuneração direta ou indireta, sem ficar caracterizado vínculo empregatício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.