Guto chama atenção da defesa, mas elogia reação do Ceará: “tivemos competência”

Escrito por Redação, 07:00 / 27 de Agosto de 2020.

O técnico gostou da reação alvinegra no triunfo sobre o Vitória/BA por 4 a 3 nesta quarta-feira (26)

Ceará iniciou o duelo com o Vitória/BA precisando de um empate para se classificar na Copa do Brasil, mas sofreu dois gols logo no início. Com a virada e o placar de 4 a 3, nesta quarta-feira (26), o técnico Guto Ferreira elogiou a força mental do Vovô.

“O mais positivo é o mental, da equipe não ter desesperado, se desequilibrado no 2 a 0. Foi pra cima, teve o pênalti, perdeu e não houve um abalo psicológico de confiança da equipe. Conseguiu o segundo, viramos a partida e tivemos competência. Acabamos cedendo o empate e não nos desesperamos, teve tranquilidade”, afirmou.

Paralelo ao resultado expressivo, o técnico ficou na bronca com o sistema defensivo. Guto revelou que chamou os atletas para conversar após a partida e espera que as falhas não se repitam nos jogos seguintes.

“Vejo ‘vacilo’ no início, vamos analisar. Já conversamos com eles, o colocamos para refletir, e vamos analisar bastante. Isso não pode acontecer porque sempre que ocorrer vamos ter dificuldade. Hoje tivemos a competência de virar o placar, mas não é fácil de acontecer. Se a gente quer uma campanha forte, precisamos evitar esse perfil de jogo”, avalia.

A equipe aguarda sorteio da CBF para saber o adversário do próximo mata-mata. No torneio, o time havia eliminado Bragantino/PA na estreia e o Oeste, nos pênaltis. Para sequência da temporada, o clube encara agora o Atlético/GO, domingo (30), no Olímpico, pela 6ª rodada do Brasileirão.

Confira outros pontos da entrevista

Erros da arbitragem

“Até entendo a questão do bandeira (no gol não confirmado do Ceará). Tinha a visão coberta e faltou auxílio externo do bandeira do lado oposto e do quarto árbitro. Os pênaltis foram bem marcados, não posso comentar o do Vitória, era do lado oposto, não sei se foi fora ou dento. Os dois do Ceará foram pênalti, o ‘menino’ puxou bola com a mão e o segundo, o rapaz puxou o pé do Sobis, foi pênalti. Essas situações, acho que ele não errou, se tivesse VAR podera ter contribuido para ele ter uma visão melhor da situação”.

Sobis de titular

“A característica não é a do Cléber, que encaixa melhor, mas hoje teve boas movimentações, e pode não ter marcado, mas teve participação em várias jogadas”.

Sequência do Sobral

“O Sobral tem uma carga maior, só ficou de fora nas três primeiras do Estadual e desde então não saiu mais, alternado as posições. A gente vem acompanhando o departamento de fisiologia e conversando com o jogador. Pode chegar o momento que ele não vai estar (disponível), embora seja um jogador privilegiado”.

Leia mais

ALEXANDRE MOTACeará fatura mais de R$ 5 milhões na Copa do Brasil; veja cotasJOGADAVitória/BA x Ceará: confira ao vivo tudo sobre o jogoJOGADAPresidente do Vitória xinga e ameaça Vina no intervalo: “Te meto a porrada”JOGADACom muita emoção, Ceará vence Vitória/BA e avança para 4ª fase da Copa do Brasil


ASSUNTOS RELACIONADOS

EsportesEsportes/ceará sporting clubEsportes/copa do brasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.