Mais de 1.200 catadores de 41 municípios cearenses serão beneficiados com auxílio; veja lista

Escrito por Rodrigo Rodriguesrodrigo.rodrigues@svm.com.br 07:50 / 02 de Setembro de 2020. Atualizado às 07:51 / 02 de Setembro de 2020

Cada profissional receberá um auxílio no valor de R$ 1.567, pago em seis parcelas fixas, até dezembro

A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) divulgou, nesta semana, o resultado final do Programa Auxílio Catador. Ao todo, 1.249 profissionais de 41 municípios serão contemplados com seis parcelas fixas de um quarto do salário-mínimo (R$ 261,25), pagas até 31 de dezembro. O benefício visa diminuir os impactos na renda dos catadores durante a pandemia de Covid-19.

auxílio começa a ser pago em setembro, segundo o secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno. O setor responsável, na Pasta, disse que se movimenta para iniciar os repasses o quanto antes, mas ainda não há um dia definido. Ao todo, o Estado vai desembolsar mais de R$ 1,9 milhões ao longo dos quatro meses vigentes de auxílio – R$ 1.567 por profissional.

As associações ou cooperativas de materiais recicláveis realizaram a inscrição dos associados entre 7 e 16 de agosto. Após isso, foi divulgada uma lista preliminar. A Comissão de Avaliação avaliou 981 catadores associados de 44 associações, em 38 municípios. Após isso, a Sema completou as vagas remanescentes a partir de critérios de desempate e 268 pessoas foram incluídas.

Veja também:

Reforço na renda

Para concorrer ao auxílio, o profissional precisava residir no Ceará e estar vinculado a uma associação ou cooperativa de catadores criadas e em funcionamento há mais de um ano.

O benefício está entre as medidas emergenciais de enfrentamento à pandemia e foi instituído pela Lei nº 17.256. O objetivo da iniciativa é reforçar a renda decorrente da prestação de serviços ambientais no Ceará, durante o período de calamidade pública vigente – até o fim de dezembro. O texto com a proposta foi aprovado na Assembleia Legislativa e sancionado em 31 de julho deste ano.

Confira a lista completa de beneficiados.

Foram habilitados profissionais de 48 associações ou cooperativas em 41 municípios:

  • Altaneira
  • Aracati
  • Barbalha
  • Brejo Santo
  • Camocim
  • Canindé
  • Caridade
  • Choró
  • Crateús
  • Crato
  • Eusébio
  • Forquilha
  • Fortaleza
  • Frecheirinha
  • Graça
  • Groaíras
  • Horizonte
  • Iguatu
  • Independência
  • Juazeiro do Norte
  • Jucás
  • Limoeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Maranguape
  • Massapê
  • Meruoca
  • Monsenhor Tabosa
  • Morada Nova
  • Moraújo
  • Nova Olinda
  • Pacatuba
  • Pacujá
  • Quixadá
  • Quixeré
  • Russas
  • Santana do Acaraú
  • São Gonçalo do Amarante
  • Senador Sá
  • Sobral
  • Tabuleiro do Norte
  • Várzea Alegre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.