Não fui votar no dia das eleições. E agora?

Escrito por Redação, 15:01 / 10 de Novembro de 2020. Atualizado às 15:14 / 10 de Novembro de 2020

A justificativa de ausência nas eleições pode ser feita até 60 dias após o turno. Não justificar gera consequências

Quem faltar ao pleito do próximo domingo (15) pode justificar a ausência até 60 dias depois. Isso pode ser feito tanto pelo Sistema Justifica, do aplicativo e-Título, como pela entrega do Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) em qualquer zona eleitoral ou via postal ao juiz da zona na qual o eleitor for inscrito, acompanhando documento que comprove a impossibilidade de comparecer às eleições.

Não justificar acarreta multa de R$ 3,51 por turno. “Também tem outras consequências”, diz Rodrigo Cavalcante Dias, da Comissão de Direito Eleitoral da Ordem dos Advogados do Brasil no Ceará (OAB-CE). O advogado cita, por exemplo, não poder tirar passaporte ou assumir cargo que exija a quitação eleitoral emitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

 Tira-dúvidas Eleições 2020: Saiba tudo sobre a votação, de horários a cuidados com a Covid

 Como baixar o Título de Eleitor no celular

 Mesário tem direito a mais dias de folga quando as eleições ocorrem em feriados? Entenda

 Boca de urna é crime eleitoral: saiba as implicações legais previstas para quem comete o delito

Além disso, Rodrigo lembra que três ausências consecutivas e injustificadas de votação, ou seja, no primeiro e no segundo turno deste ano e no primeiro turno das eleições de 2022, acarretam no cancelamento automático do título.

Powered by RedCircle

Outras dúvidas:

Quero receber conteúdos exclusivos do Seu Direito


ASSUNTOS RELACIONADOS

Sociedade e Saúde/eleiçõesInstituicões e Partidos/tseeleições de 2020justificativa eleitoraljustificar ausência de votoquitação eleitoralTSE


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.