Para 76% dos brasileiros, o mais importante é deixar pessoas em casa durante pandemia, diz pesquisa

Por Redação, 08:27 / 06 de Abril de 2020 ATUALIZADO ÀS 08:46

Enquanto a maioria se mantém favorável às medidas de isolamento, 18% discordam, e 6% não sabem

Para 76% dos brasileiros entrevistados pela pesquisa Datafolha, publicada nesta segunda-feira (6) pelo jornal Folha de S.Paulo, o mais importante neste momento de pandemia do novo coronavírus é deixar as pessoas em casa

As medidas de isolamento impostas pelas autoridades para conter o avanço da doença, portanto, são aprovadas pela maioria. Para 18% dos entrevistados, contudo, o isolamento deve acabar e os outros 6% não souberam responder.

O Datafolha Instituto entrevistou 1.511 pessoas, por telefone, entre os dias 1º e 3 de abril. A margem de erro da pesquisa é de três pontos.

Os entrevistados do levantamento ainda foram questionados sobre outros impactos das medidas de isolamento, como o fechamento de comércios e a suspensão das aulas.

65% opinam que os estabelecimentos comerciais, considerados não essenciais, devem permanecer fechados; 33%, que os negócios devem ser reabertos; e 2% não sabem. 

Quanto à suspensão das aulas, 87% concordam que devem ser descontinuadas, 11% considera que as atividades nas instituições de ensino devem ser retomadas, enquanto 2% não sabe. 

Veja outros aspectos abordados na pesquisa Datafolha: 

– Opinião sobre proibição de sair de casa para quem não trabalhe em serviço essencial

  • A favor: 71%
  • Contra: 26%
  • Não sabe: 2%
  • Indiferente: 1%


– Quantos dias mais vai durar o isolamento?

  • Até 10 dias: 12%
  • De 11 a 15 dias: 20%
  • De 16 a 20 dias: 7%
  • De 21 a 30 dias: 26%
  • 31 dias ou mais: 17%
  • Nenhum: 1%
  • Não sabe: 17%

– Quantos dias mais deveria durar o isolamento?

  • Até 10 dias: 9%
  • De 11 a 15 dias: 16%
  • De 16 a 20 dias: 6%
  • De 21 a 30 dias: 23%
  • 31 dias ou mais: 23%
  • Nenhum: 6%
  • Não sabe: 17%

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.