Prefeitura anuncia entrega de kit alimentares a 341 mil famílias de Fortaleza devido à pandemia

Por Redação, 10:55 / 02 de Abril de 2020 ATUALIZADO ÀS 10:59

Conjunto de medidas para ação de proteção social e alimentar proposta em meio ao combate ao novo coronavírus foi anunciada pelo prefeito Roberto Cláudio na manhã desta quinta (2)

O total de 341 mil famílias mais vulneráveis será beneficiado em Fortaleza por meio do conjunto de medidas, denominado ‘Comida em Casa’, anunciado na manhã desta quinta-feira (2) pelo prefeito Roberto Cláudio, por meio de live em sua rede social Facebook. A novidade faz parte da nova política de ação de proteção social e alimentar, desenvolvida em meio ao combate à pandemia do novo coronavírus. O benefício, segundo ele, valerá pelos próximos dois meses, a ser avaliado de acordo com a evolução da pandemia.

Na semana passada, 203 mil famílias da Capital, que têm filhos na escola pública, receberam o primeiro lote do kit alimentar. Agora, mais 138 mil – que não têm filhos em idade escolar – devem adquirir o mesmo benefício. Outra novidade será a distribuição de cestas extras, compostas de proteínas e derivados do leite, que serão destinadas a 50 mil das 203 famílias integrantes do grupo definido inicialmente. Esse kit adicional será composto por alimentos como carnes, iorgutes, leite e ovos.

“Como temos em estoque um material que ainda não foi entregue, composto basicamente de proteínas e derivados do leite, vamos escolher 50 mil dessas famílias, baseado em critérios de vulnerabilidade, para fazer essa entrega de kit adicional esse mês”, explicou o prefeito. Três critérios deverão ser levados em consideração. São eles: a família deve estar cadastrada no CadÚnico, pode ter uma criança com deficiência em casa ou aluno integrante da Educação de Jovens e Adultos acima de 60 anos de idade.

De acordo com Roberto Cláudio, as doações complementares entram em questão para “garantir o insumo mais fundametal para a sobrevivência”. “Vamos garantir a manutenção da entrega mês a mês dos kits de alimentação escolar enquanto não houver aula, nesse período de recesso escolar”, iniciou o prefeito durante a transmissão.

“Agora, a gente já começa a entrega do segundo lote que vai beneficiar novamente as 203 mil famílias, com gêneros alimentícios diversos, para garantir a segurança e o suporte nutricional principalmente para crianças em idade escolar. Essas famílias passam a receber a partir agora entre o dia 20 e 30 de abril”, complementou. 

O novo grupo, composto pelas 138 mil famílias, receberá o auxílio pela primeira vez também a partir desse período. “Descobrimos que há ainda 138 mil famílias registradas como beneficiárias do Bolsa Família em Fortaleza, que não receberam esse kit alimentar ou porque não tem filho na escola ou não tem filho em idade escolar. Por essa razão resolvemos ampliar nossa política com essa cesta básica mensal”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.