Programa Ceará Conectado vai levar internet gratuita aos municípios cearenses

Em live semanal nas redes sociais, o governador Camilo Santana anunciou, nesta terça-feira (10), que encaminhará para a Assembleia Legislativa do Ceará um projeto de lei para criação do Programa Ceará Conectado. A iniciativa vai oportunizar internet gratuita em espaços públicos nos 184 municípios cearenses. Outro anúncio feito pelo gestor foi referente à liberação de R$ 178 milhões para aquisição das três milhões de doses da CoronaVac. A autorização será publicada no Diário Oficial desta terça-feira.

Sobre o Ceará Conectado, Camilo Santana destacou que o programa faz parte da estratégia de transformar o Estado em Hub Tecnológico. “O Ceará é o segundo ponto mais conectado do planeta. Os cabos de internet que entram no Brasil, entram pelo Ceará. Portanto, instalou-se aqui a Angola Cables, vários data centers. Nós estamos vivendo no mundo da conectividade. Então, o que o Ceará tem feito para entregar os tablets para os alunos, os notebooks para os professores, a conectividade nas escolas, o Cinturão Digital, é investimento em conectividade. Hoje, somos o Estado com maior rede de fibra óptica”.

A internet será instalada nas praças centrais dos municípios. “Nós vamos colocar internet gratuita para toda a população. Vamos levar redes [de internet] para os municípios que ainda não têm redes”, explicou Camilo. As redes também devem conectar escolas, além de outros equipamentos e serviços públicos.

Três milhões de doses

O governador informou que na sexta-feira (6), após reunião com o Comitê que delibera sobre medidas de enfrentamento à Covid-19, decidiu manter o decreto sem alterações por conta do surgimento da variante delta. Fiscalizações, barreiras sanitárias e testagem estão sendo reforçadas em todo o Estado.

Sobre as vacinas, foi assinado, na quinta-feira (5), o protocolo de cooperação técnica entre a Fiocruz e a Uece para a produção da vacina cearense. Camilo explicou que, infelizmente, o contrato da Sputnik V teve que ser cancelado em razão da não liberação do imunobiológico por parte da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O gestor garantiu que não vai descansar enquanto não vacinar toda a população. “Continuamos fazendo todo o esforço para levar a vacina para todos os cearenses, e da forma mais rápida possível. Eu não vou descansar enquanto não vacinarmos todos os cearenses. Por isso estamos na luta diária de conseguir mais doses de imunizantes contra Covid, inclusive fechamos a tratativa de adquirir doses extras de CoronaVac junto ao Butantan, para acelerar cada vez mais a nossa campanha de vacinação”.

Nesse sentido, o Governo do Ceará assinou o contrato com o Instituto Butantan e o laboratório Sinovac para a compra direta de três milhões de doses extras de vacinas contra a Covid-19. O investimento para aquisição das doses é de R$ 178 milhões. Os imunizantes serão um importante reforço para o Estado atingir a meta de vacinar a população adulta até o fim deste mês. O Ceará deve receber as três milhões de doses até o dia 25 de agosto.

O Vacinômetro da Sesa registra que, até às 17 horas de segunda-feira (9), 5,88 milhões de doses aplicadas. Com isso, 4,05 milhões de cearenses receberam a D1, enquanto 1,67 milhão tomaram a D2, além dos 150 mil imunizados com dose única da Janssen.

Além da vacinação, o governador afirmou que já investiu mais de R$ 1 bilhão em ações desenvolvidas para mitigar a crise causada pela pandemia, principalmente para as famílias em situação de vulnerabilidade social, e relembrou que muitas famílias foram beneficiadas com essas ações, como o pagamento da água e luz, a distribuição do Vale Gás Social e o pagamento de auxílio emergencial para trabalhadores dos setores de eventos, cultura e alimentação fora do lar. “Mais de 3 milhões de cearenses foram beneficiados durante a pandemia, e continuamos com parte dessas medidas ainda em execução. Poucos estados têm investido da forma como temos investido na população mais vulnerável”, complementou.

Inclusão por meio do esporte

Outro ponto da conversa desta semana foi a entrega de mais quatro Areninhas, nas cidades de Acarape, Irauçuba, Ibaretama e Ararendá. Atualmente, 221 Areninhas estão em funcionamento, sendo 135 delas no Interior e outras 86 na Capital, em parceria com a Prefeitura de Fortaleza.

“O esporte, além de descobrir talentos, é uma forma de prevenção em relação à violência, que tira as crianças da rua e vai para dentro das Areninhhas. Estimula a saúde da criançada, como também melhora o desempenho escolar. Tem todo um aspecto social”, justificou Camilo.

Mais 58 Areninhas serão inauguradas em breve, incluindo a de Bela Cruz. Ao todo, 28 estão em obras, e outras 300 em processo de licitação ou contratação.

Estradas do Ceará

O desenvolvimento regional passa pelas rodovias estaduais. Por isso, o Estado do Ceará, por meio da Superintendência de Obras Públicas (SOP), segue recuperando quase dois mil quilômetros de estradas em todo território cearense. Alguns trechos já estão com obras concluídas: Lavras da Mangabeira a Amaniutaba; Várzea Alegre a Granjeiro; Farias Brito ao Crato; Quitaiús a Caririaçu; e Missão Velha a Missão Nova.

O governador reforçou que os cearenses podem falar com a SOP sobre a situação dos mais de 8.000 km de rodovias estaduais. Para isso, a pasta disponibiliza o Whatsapp das Estradas: (85) 98404-9800.

Mais ações

Ainda na live, o chefe do Executivo destacou outras ações: anúncio do pacote de 150 brinquedocreches para os municípios cearenses na quinta-feira (5); inauguração da primeira Unidade Prisional de Segurança Máxima do Estado na quarta-feira (4); e reunião com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL) para firmar parcerias e estimular o comércio.

Além disso, Camilo Santana também informou que finalizou a série de reuniões com todos os prefeitos e prefeitas cearenses.

Larissa Falcão – Ascom Casa Civil – Texto
Carlos Gibaja e Thiara Montefusco – Fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.