Últimas notícias sobre os mercados em 12 de março

Bolsas asiáticas operam em queda após Donald Trump anunciar suspensão de viagens da Europa para os EUA por 30 dias.

Por G1

12/03/2020 01h42  Atualizado há um minuto

As bolsas europeias abriram em forte queda na manhã desta quinta-feira (12), após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciar, por causa da pandemia de coronavírus, a suspensão de viagens a partir da Europa por 30 dias.

Os principais índices operam com baixa de mais de 5%. É o caso do FTSE-100, de Londres, o CAC 40, de Paris, e o DAX, de Frankfurt.

Em Milão, na Itália – país europeu com o maior número de casos de coronavírus – a queda é menor, de pouco mais de 1%. Na Suíça, o índice de referência SMI perdia 4,77%.

As bolsas asiáticas também fecharam em queda. O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio, a primeira a encerrar a jornada na região, terminou em queda de 4,41%, seu pior nível em quase três anos. O Topix, que agrupa os valores da primeira sessão, com as empresas de maior capitalização de mercado, caiu 4,15%.

O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong registrava queda de 3,66% pouco antes do fechamento. A Bolsa de Xangai também funcionava em queda, de 1,52% na reta final. Na Coreia do Sul, a queda era de 3,87%. Na Austrália, a Bolsa de Sydney despencava 6%.

Há queda, ainda, nas bolsas do Golfo, que estão sendo afetadas pela guerra de preços do petróleo decorrente da queda da demanda por conta do coronavírus. As baixas são de mais de 4% em Riade, na Arábia Saudita, e de quase 8% em Dubai e de pouco mais de 6% em Abu Dabi, ambas nos Emirados Árabes Unidos.

Nesta quinta, o barril do tipo brent começou o dia negociado a US$ 34,24 em Londres, uma queda de 4% em relação ao fechamento do dia anterior.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.