Vacinas Pfizer que chegam segunda irão para pessoas com comorbidades em Fortaleza

As vacinas da Pfizer serão o terceiro imunizante a fazer parte do esquema vacinal no Ceará (Foto: JOEL SAGET / AFP) FONTE: OPOVO

A corrida pela vacinação contra a Covid-19 no Ceará ganhará o auxílio de mais um imunizante a partir de segunda-feira, 3. De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesa), chegam ao Estado 8.775 doses da vacina Pfizer/BioNTech, as quais serão destinadas a pessoas com comorbidades de Fortaleza.

Este será o terceiro imunizante que fará parte do esquema vacinal cearense, que já conta com a CoronaVac (Sinovac/Butantan) e AstraZeneca (Oxford/Fiocruz) desde janeiro deste ano.PUBLICIDADE

Sobre o assunto

Conforme nota da Sesa, no entanto, neste primeiro momento apenas a capital Fortaleza será contemplada com essas novas vacinas que agora chegam em território cearense.Quero conteúdo exclusivo!

Tenha acesso aos nossos colunistas,
grandes reportagens, podcasts, séries e muito mais.ASSINE AGORA

“Como se trata de uma logística específica com baixas temperaturas, a vacina será aplicada somente em Fortaleza, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde”, informa a pasta.

As vacinas Pfizer serão disponibilizadas para pessoas do grupo da 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19, e podem ser usadas em pessoas com mais de 16 anos. Serão duas doses, com intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda.

O armazenamento desses imunizantes precisa conservar temperaturas negativas, entre -25ºC e -15ºC, por até 14 dias. A Sesa informa ainda que somente profissionais previamente treinados poderão realizar a aplicação da vacina da Pfizer. Mas a capacitação de mais vacinadores deve ocorrer nos próximos dias.

A pasta também comunicou que mais 8.775 doses das vacinas Pfizer tem previsão para chegar ao Ceará até 19 de maio.

Quais doenças são classificadas como comorbidade?

  • Anemia falciforme
  • Arritmias cardíacas
  • Cardiopatias congênita no adulto
  • Cardiopatia hipertensiva
  • Cirrose hepática
  • Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
  • Diabetes mellitus
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
  • Doença cerebrovascular
  • Doença renal crônica
  • Hipertensão arterial estágio 3
  • Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade
  • Imunossuprimidos
  • Insuficiência cardíaca (IC)
  • Miocardiopatias e Pericardiopatias
  • Obesidade mórbida
  • Pneumopatias crônicas graves
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
  • Síndrome de Down
  • Síndromes coronarianas
  • Valvopatias
    Fonte: FAQ da plataforma Saúde Digital
  • Gestantes e puérperas sem comorbidades foram incluídas na terceira fase de vacinação, mas em segunda etapa

Confira os grupos prioritários em cada etapa de vacinação em Fortaleza

Fase 1:

Trabalhadores da saúde;

Idosos a partir de 75 anos de idade;

Pessoas com 60 anos ou mais e pessoas com deficiência acima de 18 anos institucionalizadas;

População indígena aldeada em terras demarcadas.

Fase 2:

Idosos de 60 a 74 anos

*Profissionais das forças de segurança e salvamento foram incluídos depois e começaram a ser vacinados durante esta fase em Fortaleza.

Fase 3:

Pessoas com deficiência permanente e pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença, tais como portadores de doenças renais crônicas, cardiovasculares, dentre outras

Fase 4:

Trabalhadores da Educação;

Funcionários do sistema prisional;

População privada de liberdade;

Pessoas com deficiência permanente severa;

Pessoas em situação de rua;

Transportadores rodoviários de carga;

Trabalhadores de transporte coletivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.