Verão no Hemisfério Sul começa nesta segunda-feira (21)

Escrito por Redaçãopais@svm.com.br 07:00 / 21 de Dezembro de 2020. Atualizado às 07:38 / 21 de Dezembro de 2020

Estação termina no dia 20 de março de 2021. Veja a previsão para o 1° dia nas capitais

O verão no Hemisfério Sul começa às 7h02 desta segunda-feira (21) e será caracterizado por chuvas frequentes em praticamente todo o Brasil, com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste, de acordo com o Prognóstico Climático de Verão, divulgado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A estação segue até as 6h38 do dia 20 de março de 2021. 

Em Fortaleza, o primeiro dia oficial de verão começou com chuva.

A maioria dos modelos de previsão “indica uma probabilidade superior a 90% de que se mantenha o fenômeno de La Niña durante o verão, e com probabilidades significativas da chegada de uma fase neutra durante o outono no Hemisfério Sul”, segundo o órgão em nota do Ministério da Agricultura. “O fenômeno é identificado pelo resfriamento anômalo da temperatura da superfície do mar de áreas específicas do Oceano Pacífico Equatorial.”

Durante o solstício de verão, que é a data de início da estação, o Hemisfério Sul viverá o dia mais longo do ano, portanto, a noite mais curta. A previsão para este verão no Brasil é de mais chuva em São Paulo e no Sul do País, trazendo risco alto de alagamentos.

Por causa da umidade e da chuva, há expectativa de redução de queimadas no pantanal do Mato Grosso do Sul durante a estação. O inverno amazônico ficará comprometido. Haverá poucas chuvas, e o verão será mais quente que o normal, já que a zona de convergência intertropical um pouco mais distante, de acordo com o Inmet.

Previsão para o 1° dia de verão nas capitais:

Aracaju – máxima 30ºC e mínima 23ºC
Belém – máxima 33ºC e mínima 23ºC
Belo Horizonte – máxima 30ºC e mínima 19ºC
Boa Vista – máxima 32ºC e mínima 25ºC
Brasília – máxima 27ºC e mínima 20ºC
Campo Grande – máxima 34ºC e mínima 25ºC
Cuiabá – máxima 37ºC e mínima 26ºC
Curitiba – máxima 24ºC e mínima 17ºC
Florianópolis – máxima 29ºC e mínima 21ºC
Fortaleza – máxima 32ºC e mínima 25ºC
Goiânia – máxima 29ºC e mínima 22ºC
João Pessoa – máxima 31ºC e mínima 24ºC
Macapá – máxima 33ºC e mínima 23ºC
Maceió – máxima 32ºC e mínima 23ºC
Manaus – máxima 31ºC e mínima 22ºC
Natal – máxima 31ºC e mínima 25ºC
Palmas – máxima 32ºC e mínima 23ºC
Porto Alegre – máxima 32ºC e mínima 17ºC
Porto Velho – máxima 32ºC e mínima 23ºC
Recife – máxima 32ºC e mínima 23ºC
Rio Branco – máxima 31ºC e mínima 24ºC
Rio de Janeiro – máxima 38ºC e mínima 24ºC
Salvador – máxima 31ºC e mínima 23ºC
São Luís – máxima 31ºC e mínima 25ºC
São Paulo – máxima 30ºC e mínima 20ºC
Teresina – máxima 35ºC e mínima 24ºC
Vitória – máxima 33ºC e mínima 23ºC

Chuvas no verão

O verão de 2021 terá influência de moderada a forte do fenômeno La Niña, segundo a Climatempo. Para janeiro, a previsão do instituto é de chuva acima da média no Rio Grande do Sul, sul e leste de Mato Grosso do Sul, em São Paulo, no estado do Rio de Janeiro, no Triângulo Mineiro, no sul de Minas Gerais, Amazonas, Pará, Roraima e Amapá.

A chuva do mês de fevereiro deve ficar na média na região Sul, Rondônia, oeste e sul de mato Grosso, sul de Goiás, centro-norte e leste de Minas Gerais, informou a Climatempo. São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Roraima, Amapá devem ter chuva um pouco além do normal. A faixa norte do país deve ter a maior deficiência de chuva.

A previsão da Climatempo é de que a chuva de março de 2021 fique muito abaixo da média normal na faixa norte do país. Também deve chover menos em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal e centro-sul do Tocantins. As informações são do G1 e do Estadão Conteúdo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.